Pesquisa personalizada

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Eles que são felizes

Desde que me entendo por gente, me lembro de dizer que se pudesse escolher, seria homem. Tudo é muito mais fácil para o outro sexo. Quem quer saber como um menino está sentado à mesa? Quem olha se sua perna está depilada ou até mesmo cruzada? Ninguém está nem aí. Se um garoto resolve sair pra balada aos 13 anos, sua família solta fogos por ele ser enturmado e paquerador. Já os pais da menina, diriam que só depois dos 18 anos e “se comporte bem”! Além do fator pressão, temos a aparência. Vamos ser sinceras, é muito mais cômodo ser homem: ninguém liga se você está vestindo apenas uma regata, por causa do calor. Ninguém se importa nem se você está usando uma camisa, de fato. E o cabelo? Homem não precisa dar chapinha, nem escova e nem se preocupa com chuva. Se forçar um pouco, nem de pente eles precisam. Isso, fora aqueles clichês em que nós saímos perdendo: somos nós quem sofremos com cólicas e tpm’s mensalmente e que passamos 9 meses engordando até explodir, ganhando estrias e enjôos. Faça as contas. No fim, sairíamos ganhando sendo homem.

Capricho: "Se eu fosse homem por um dia, eu..."

3 comentários:

T i e l l y*** disse...

Concerteza sairiamos ganhando sendo homens sim.
Mas por outro lado ser mulher é maravilhoso, ja reparou o quanto é bom ficar na frente de um espelho se maquiando? ou ficar anciosissima pra aquela festa chegar e passar horas escolhendo roupa? Acho que cada sexo tem seus previlégios!

AMEI teu blog!!!!
te likei e tou te acompanhando ta?

bjão!

Gabriela Coutinho disse...

Essa natureza e essa sociedade me deixam revoltada assim!

Fe disse...

verdade... mas eu prefiro ser mulher.. só porque é mais "difícil" não quer dizer que é pior...

adorei seu blog!!
se quiser, passa lá no meu ;)

bjooo